Justiça indefere candidatura de Conceição Tavares em Traipu

06/08/2012 09h31
Sidney Tenório

Conceição Tavares teve candidatura indeferida pela Justiça Eleitoral (Crédito: Arquivo)
Conceição Tavares teve candidatura indeferida pela Justiça Eleitoral (Crédito: Arquivo)

A presidente da Câmara de Vereadores de Traipu, Conceição Tavares (DEM), teve a candidatura para Prefeitura do município indeferida pelo juiz Maurício Brêda. A informação foi divulgada no site DivulgaCand, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A decisão do magistrado teve como base pedidos de impugnação feitos pelas coligações adversárias. A argumentação foi de que Conceição Tavares tem uma condenação proferida pelo Tribunal Regional Federal (TRF), da 5ª Região, sediado em Recife, e por isso estaria inelegível pelas regras da Lei da Ficha Limpa.

Segundo o advogado de Conceição Tavares, Yuri Pontes, ainda nesta segunda-feira (6), a defesa vai ingressar com recurso inominado na própria Comarca de Traipu, mas os argumentos serão analisados pelo pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

"Esse recurso tem efeito suspensivo e assim que for interposto a decisão do juiz terá seus efeitos suspensos, o que permite a candidata Conceição Tavares a continuar com suas atividades de campanha normalmente", explicou Yuri Pontes.

O advogado rebateu ainda a impugnação dos candidatos adversários de que Conceição Tavares é ficha suja. "A decisão do TRF da 5ª Região ainda não é definitiva, já que a defesa ingressou com embargos de declaração, logo ná existe qualquer condenação de tribunal de segundo grau contra ela", esclareceu.

O site DivulgaCand confirmou ainda o deferimento das candidaturas de Elvson de Cabo (PSDB) e Marcos Santos (PTB), que está afastado do cargo por determinação da Justiça para responder a processos criminais e de improbidade administrativa.

Uma janela foi aberta com a versão para impressão
Caso não tenha aberto, clique aqui para abrir novamente