Governador recebe pedido para tornar "Camarão do Bar das Ostras" patrimônio de Alagoas

12/08/2011 14h35
Da Redação

Teotônio Vilela recebendo a documentação do diretor-presidente da Sococo, Emerson Tenório (Crédito: Maurício Silva/Tudo na Hora)
Teotônio Vilela recebendo a documentação do diretor-presidente da Sococo, Emerson Tenório (Crédito: Maurício Silva/Tudo na Hora)

Um prato delicioso que tinha a sua receita mantida como segredo durante décadas agora pode se tornar Patrimônio Imaterial alagoano. O “Camarão Alagoano do Bar das Ostras”, prato-símbolo de um dos restaurantes mais tradicionais de Maceió, foi homenageado na tarde desta sexta-feira (12) no Palácio Floriano Peixoto, em Maceió. O governador Teotonio Vilela, assinou o ato normativo sobre Registro de Bens Culturais Alagoanos de Natureza Imaterial.

Durante a solenidade, a direção da Sococo fez a entrega da documentação para o registro como Patrimônio Imaterial do “Camarão Alagoano do Bar das Ostras”. A empresa adquiriu a receita e doou ao Estado para que se tornasse de utilidade pública e para que se tornasse Patrimônio Imaterial de Alagoas. Para ser Patrimônio Imaterial o projeto precisa passar pela aprovação na Assembleia Legislativa.

O diretor-presidente da Sococo, Emerson Tenório, justificou a doação da receita. “Em julho, a Sococo completou 45 anos e resolvemos presentear o povo alagoano com esta receita que era mantida em segredo. Essa é uma grande homenagem ao povo alagoano”, declarou Tenório.

O governador Teotonio Vilela ressaltou a importância da culinária alagoana. “O Camarão do Bar das Ostras é um delicioso prato que agora vai estar à disposição dos alagoanos e agora se transformará em um Patrimônio Imaterial. Isso será uma série de homenagens que também incluem na lista o Sururu de Capote e a Buchada de Bode”, acrescentou. O vice-governador, José Thomaz Nonô agradeceu à Sococo pela doação da receita.

A receita do Camarão do Bar das Ostras vai ser passada para 37 chefes de cozinha de Alagoas. A receita ficou em segredo durante 58 anos e era guardada pela família do Bar das Ostras e foi passado para a Sococo por Marta Silva, dona Oscarlina, criadora da receita. Marta se disse lisonjeada com a homenagem.

Aprenda a fazer o Camarão Alagoano do Bar das Ostras:

Ingredientes:

Vinagre da marca Tomatão, cebola, pimentão, tomate, coentro, extrato de tomate e 600 gramas de manteiga de Major Isidoro ou Batalha e um quilo de camarão Vila Franca.

Modo de fazer:

Mergulhe o camarão com casca na água quente por dez minutos. Depois dê uma banho de água fria no crustáceo antes de descasca-lo. Novamente, leve o camarão à água quente com sal por mais cinco minutos.

Para fazer o molho, use meia cebola picada, um tomate maduro, um terço de pimentão verde, um terço do maço de coentro, duas colheres de sopa de extrato de tomate, uma colher de sopa de vinagre. Bata tudo no liquidificador e leve ao fogo com duas colheres de azeite e meio limão. Depois de ferver, acrescente o camarão e, aos poucos, a manteiga.

Uma janela foi aberta com a versão para impressão
Caso não tenha aberto, clique aqui para abrir novamente