Transporte coletivo de Maceió terá mais 45 ônibus a partir de julho

16/05/2013 19h02
Da Redação

Terminal do Graciliano: reforço na frota vai aliviar usuários (Crédito: Secom Maceió)
Terminal do Graciliano: reforço na frota vai aliviar usuários (Crédito: Secom Maceió)

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) de Maceió anunciou o aumento da frota de coletivos na capital, nesta quinta-feira (16). Serão 45 ônibus a mais circulando na capital. Após reuniões com os empresários de ônibus, a proposta foi aceita e a partir do mês de julho eles garantiram o reforço no número de veículos.

“O maior beneficiário de tudo isso é a sociedade que ganha em qualidade e segurança ao utilizar os ônibus”, salienta o superintendente da SMTT, Tácio Melo da Silveira. Ainda segundo ele, esta é uma das medidas que estão sendo criadas para melhorar o transporte público em Maceió, e outras serão anunciadas pelo prefeito Rui Palmeira, em breve.

Com o aumento da frota, a quantidade de coletivos em Maceió passará dos atuais 655 para 700. Outro fator considerado positivo pelo superintendente é a contratação de mais funcionários para as funções de motorista e cobrador, o que acaba gerando mais oferta de empregos.

A SMTT já estuda quais os bairros e conjuntos têm maiores necessidades do reforço de coletivos. A medida, de acordo com órgão, também é uma das frentes de combate aos transportes clandestinos. Em julho, uma ação permanente de fiscalização terá início contra os transportes irregulares.

Inicialmente serão usados carros reservas para o reforço da frota. Mas as empresas firmaram o compromisso de comprovar que houve a compra de veículos novos. Até os novos ônibus chegarem, as empresas usarão carros reservas que ficam nas garagens.

Ônibus noturno para estudantes do Centro

Outra solicitação da SMTT que será estudada pelas empresas de ônibus é a inclusão de viagens ‘vazias’ à noite para o Centro de Maceió.

A intenção é buscar os usuários que sejam estudantes de cursinhos e escolas que largam mais tarde das aulas e, por vezes, têm que sair mais cedo para não perderem o coletivo ou evitar que eles embarquem em ônibus cheios de passageiros.

“Sabemos que já existem transportes clandestinos fazendo o serviço de lotação de estudantes no horário noturno”, afirmou o assessor especial de Trânsito da SMTT, Roberto Barreiros. Os empresários ficaram de analisar a ideia e dar uma resposta para a SMTT.

 



Fonte: Secom Maceió

Uma janela foi aberta com a versão para impressão
Caso não tenha aberto, clique aqui para abrir novamente