Carnaval 2014: Baile Municipal será beneficente

10/02/2014 22h00

Valor arrecadado será repassado a instituições com trabalho de referência nas áreas de saúde e assistência social (Crédito: Secom Maceió)
Valor arrecadado será repassado a instituições com trabalho de referência nas áreas de saúde e assistência social (Crédito: Secom Maceió)

A programação de carnaval promovida pela Prefeitura de Maceió conta com uma importante inovação em 2014: o tradicional Baile Municipal promovido há anos pela Fundação Municipal de Ação Cultural (FMAC) será beneficente, com arrecadação proveniente da venda de entradas destinada a beneficiar instituições não governamentais que trabalham no acolhimento de crianças, adolescentes, adultos e idosos de Maceió.

O saldo da arrecadação com a venda das entradas que dá direito à participação na festa, após serem descontados os custos da produção do Baile, será repassado a instituições com trabalho de referência nas áreas de saúde e assistência social que atuam no município.

Nesta segunda-feira (10) representantes do município e de organizações não governamentais beneficiadas se reuniram na sede da Fundação Municipal de Ação Cultural para uma reunião de apresentação do projeto do Baile Municipal Beneficente, que este ano tem como tema “Nas Ondas do Edécio”, título principal do carnaval da cidade.

Estiveram presentes no encontro representantes das entidades a serem beneficiadas com o Baile: a Rede Feminina de Combate ao Câncer, que trabalha na assistência de 30 mulheres vítimas da doença; a Sociedade Assistencial Juvenópoles, que atende a 70 crianças e adolescentes que tiveram direitos violados; o Lar Batista Marcolina Magalhães, que abriga 17 meninas em situação de vulnerabilidade social; e a Liga Feminina de Combate ao Câncer.

Cada instituição terá seu espaço dentro do Baile para a apresentação do trabalho exercido por elas. O Baile Municipal de Maceió vai acontecer no dia 26 de fevereiro, na casa de shows Vox Room, localizada no bairro de Jaraguá.

A secretária Municipal de Assistência Social, Juliana Vergetti, e o presidente da FMAC, Vinicius Palmeira, falaram da preocupação e da ação pioneira realizada pelo Município de Maceió para beneficiar usuários atendidos por essas associações.

“Ficamos muito felizes pela ação colocada por Vinícius, da qual a Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) se sente honrada em poder colaborar. Tivemos a preocupação de procurar instituições que atendem a diversos perfis de usuário: de dependentes químicos aos lares para idosos”, destacou a secretária Juliana Vergetti.

Para Vinícius Palmeira, a preocupação da gestão municipal foi tirar a ideia de que o baile é direcionado apenas ao público elitizado e realizar uma festa que tenha um propósito mais abrangente, unindo dois pontos bastante válidos: o lazer e o social. “Desde o início nosso objetivo era unir uma ideia à outra. E tudo foi tão bem aceito pelos demais secretários que não teremos cortesias, todo o público do Baile será pagante para que as entidades sejam ainda mais beneficiadas”, explicou Vinícius Palmeira.

“Fomos pegos de surpresa e uma grande surpresa! A Prefeitura de Maceió está mostrando que para cada ação de lazer há uma preocupação interna com a comunidade. Vários usuários atendidos terão um bom reforço nos serviços e isso vai fazer muita diferença”, explicou Jane Falcão, presidente da Rede Feminina de Combate ao Câncer.



Fonte: Secom Maceió

Uma janela foi aberta com a versão para impressão
Caso não tenha aberto, clique aqui para abrir novamente