Polícia prende acusado de matar motorista da Souza Cruz

Cláudio Júnior foi preso no Estado do Paraná

04/08/2010 07h40
Da Redação

Caminhão foi abordado por bandidos (Crédito: Tudo na Hora)
Caminhão foi abordado por bandidos (Crédito: Tudo na Hora)

A Polícia prendeu, na Cidade Gaúcha, no Estado do Paraná, o trabalhador rural Cláudio Júnior Sales, 24, acusado de envolvimento na morte do motorista da Souza Cruz, Dario Germano Borges. O crime aconteceu no dia 17 de fevereiro do ano passado, no povoado Gado Bravo, em São Sebastião.

Dario Germano foi morto a tiros de revólver, numa tentativa frustrada de assalto. Quatro homens armados pararam o furgão da empresa Souza Cruz, carregado de cigarros, e tentaram levar a carga, mas atiraram no motorista da empresa e fugiram.

O motorista tinha 39 anos, levou pelo menos dois tiros e morreu dentro do veículo. Depois que atiraram, os criminosos fugiram, em um Gol vermelho, pela rodovia estadual AL-110.

Cláudio Júnior foi preso pelo crime pela Operação Asfixia, no dia 24 de julho, por mandado judicial, e vai ser apresentado nesta manhã, na sede da Polícia Civil, em Jacarecica. “A denúncia foi feita por alagoanos que se encontram trabalhando naquele município”, informou o coordenador da Asfixia, Agente Daniel Pinto.

A apresentação do preso será feita às 10h30  pelo delegado Maurício Henrique Duarde, diretor da DPJA-2, que deve revelar detalhes da prisão e do envolvimento do acusado em outros crimes, inclusive assassinatos no interior do Estado.

Os policiais registraram que, na Cidade Gaúcha, moram cerca de mil pessoas que saíram de Alagoas para trabalhar no corte da cana-de-açúcar.

O coordenador da Asfixia destacou o apoio recebido da Polícia Civil do Paraná, por intermédio da 19ª Delegacia Regional de Polícia, sediada naquele município, através do delegado Jairo, dos investigadores Emerson, Reinaldo e pelo escrivão, Volnir.

Com assessoria da Polícia Civil.

Uma janela foi aberta com a versão para impressão
Caso não tenha aberto, clique aqui para abrir novamente