Dono de restaurante segue em estado gravíssimo após atentado

26/12/2012 09h36
Da Redação

Crime atraiu curiosos para a porta do restaurante (Crédito: Cortesia )
Crime atraiu curiosos para a porta do restaurante (Crédito: Cortesia )

O estado de saúde do empresário Gustavo Figueiredo Mendonça, de 39 anos, permanece gravíssimo, conforme informações fornecidas pelo Hospital Geral do Estado (HGE) na manhã desta quarta-feira (26). Ele foi operado durante a madrugada de segunda-feira (24) e permanece no centro cirúrgico em observação.

Gustavo Figueiredo, que é proprietário do Restaurante do Zezé, localizado em Riacho Doce, sofreu um atentado na tarde de domingo (23) quando trabalhava em seu estabelecimento. Segundo informações do Centro Integrado de Operações de Defesa Social (Ciods), o empresário foi atingido por um único disparo no peito. Ele foi socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e deu entrada por volta das 18h no HGE.

A polícia começou a investigar o caso, mas a única informação que tem até o momento é de que o atentado foi provocado por um homem que se aproximou do empresário a pé e fez pelo menos três disparos - apenas um deles atingiu a vítima. O criminoso deixou o local correndo.

Policiais chegaram a fazer várias diligências na região, mas não conseguiram localizar o atirador. A tentativa de homicídio está sendo investigada pelos agentes da Delegacia do 6º Distrito Policial, em Cruz das Almas.

Leia também: 

Dono do Restaurante do Zezé é baleado na porta do estabelecimento

Uma janela foi aberta com a versão para impressão
Caso não tenha aberto, clique aqui para abrir novamente