O Portal de notícias de Alagoas

Política

Recadastramento de idosos com mais de 70 anos não é obrigatório, mas recomendado

20:07 - 17/10/2011 --


Os idosos de até 70 anos também precisam procurar um dos postos de atendimento do Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE/AL) para fazer sua revisão biométrica. Estão dispensados do recadastramento apenas os eleitores com mais de 70 anos, que também não são obrigados a votar.

Embora o voto a partir dos 70 anos não seja mais obrigatório, a recomendação de especialistas é para que o idoso não abra mão desse direito, tão importante para que continue ajudando a decidir os rumos do país e se sinta útil para a sociedade, especialmente por ter consciência das carências e desafios que atingem essa faixa da população.

“Como qualquer outro eleitor, o idoso com mais de 70 anos que não fizer o recadastramento biométrico terá seu título de eleitor cancelado. A diferença é que ele não precisa do documento para garantir sua cidadania, como os demais eleitores que, caso percam o título, terão o CPF suspenso e enfrentarão alguns transtornos”, explicou Luís Gustavo Oliveira, um dos coordenadores da Biometria em Alagoas.

É importante lembrar, ainda, que o eleitor idoso que não se recadastrar perderá a oportunidade de votar nas eleições municipais do ano que vem, pleito que geralmente sensibiliza mais as pessoas pela proximidade do cidadão com os temas discutidos nas campanhas.

Realmente a revisão biométrica do eleitor com mais de 70 anos não é obrigatória, mas é altamente recomendada. Pedimos que o idoso reflita sobre sua condição e, se possível, faça o recadastramento. O voto nessa faixa etária deve ser estimulado e é importante que o idoso veja isso como um direito, e não como um dever”, concluiu Luís Gustavo.