"Sempre escutei que não era pra desistir do meu sonho", diz nova Globeleza

13/01/2014 10h21
Na Telinha

Nayara diz já ter sofrido preconceito (Crédito: Reprodução/TV Globo)
Nayara diz já ter sofrido preconceito (Crédito: Reprodução/TV Globo)

Eleita com 52% dos votos do público, a nova Globeleza, a modelo Nayara Justino, falou sobre seu passado antes de vencer o concurso promovido pelo “Fantástico”.

Em entrevista para o jornal “Extra”, Nayara disse que, quando trabalhava em uma loja de variedades, uma moça não aceitou ser atendida por ela apenas por ser negra, além de ser chamada de “macaquinha” entre os colegas de escola.

“Isso é passado, ficou para trás. Agora tenho que pensar no futuro e no que vai acontecer daqui para a frente. Sempre escutei que não era para desistir do meu sonho e correr atrás”, comentou.

Nayara diz que deve tudo a que conquistou para a sua mãe, Nazaré, que entregou folhetos na cidade em que mora, Barra Mansa, no interior do Rio de Janeiro, para ajudar a filha a vencer a disputa: “Mamãe me ajudou muito, assim como o Cairo, meu namorado. Na verdade, foi ele que fez minha inscrição no concurso e, depois, uma campanha intensa no Facebook”.

Ela diz que não tem sofrido assédio das pessoas que a reconhecem: “Eles vêm me cumprimentar, dizer que votaram em mim. É muito gostoso. Muitas pessoas já me conheciam porque trabalhei como modelo e recepcionista em eventos e feiras de várias cidades”.

As novas vinhetas, onde Nayara se apresenta como a Globeleza, já estão no ar nos intervalos da Globo desde a última terça (7).

Uma janela foi aberta com a versão para impressão
Caso não tenha aberto, clique aqui para abrir novamente